Assinatura RSS

Quanto vale um “não sei”

Publicado em

Ontem encontrei alguns amigos e entre eles algumas pessoas que eu não conhecia. Uma delas, me pareceu muito simpática. E ela falava sobre filmes, fotografia, viagens. Interessante. Numa das conversas, a pessoa  contou que a França cabia quatro vezes dentro da Argélia, mas que metade da Argélia era deserto. Achei curioso. Aí a pessoa continuou “e quantas vezes cabe a França dentro do Brasil”? Eu nunca tinha procurado essa informação, mas tentei chutar umas 22 vezes. A pessoa balançou a cabeça com dó. Chutei então 15 vezes, a pessoa sorriu e falou “não, na verdade 17 vezes”. Uau! Ficamos impressionados eu e mais alguns amigos ao redor! Perguntei “Como você sabe dessas coisas?”. “Ora, eu leio muito”. Poxa, parabéns! “Gosto muito de Geografia”, completou. Eu também gosto muito de Geografia, mas é certeza que não sei tudo, aliás, algumas coisas que não sei me dão até vergonha, mas acontece.

Perguntei então quantas vezes caberia a França dentro da Rússia. “A Rússia não é mais tão grande”, me disse. Concordamos. Depois do fim da União Soviética, hoje vemos a Rússia menor, mas ainda é muito grande, insistimos. “Não, não é”. A pessoa repetiu. E acabou chamando atenção de mais gente. “A Rússia é menor que a Ucrânia”, afirmou. Achei melhor pegar meu celular. Com a era smartphone não existe mais discussão desse gênero. Todo mundo se agrupou. As pessoas queriam apresentar provas do tamanho da Rússia. Já não era mais uma questão de Geografia. Queriam combater uma ideia. E o pior, estavam combatendo um pensamento muito forte: a arrogância. Parecia perigoso, para os dois lados. Uma pessoa em condição de ser quase humilhada pode ficar perigosa. E o que ganharíamos com isso?

Finalmente, conseguimos mudar de assunto antes que tudo ficasse muito constrangedor. O mesmo ser amante da Geografia começou a falar de um show de jazz que foi assistir. Ótimo! Quem tocava no show? Ele falou o nome. Ah, não conheço. “Nossa, então você não sabe nada de Jazz”.

Informações complementares: Segundo o google, o Brasil mede 8.516.000 e a França mede 640.679 km² (e segundo a wikipedia 543 965 – isso se deve, talvez, por conta de territórios ultramar que a França possui). Dividindo um pelo outro, pela referência google o Brasil comportaria 13 Franças inteiras e mais um pedacinho, e pela referência wikipédia, 16 Franças inteiras e mais um pedacinho. O Brasil caberia duas vezes e um pouquinho dentro da Russia (de tamanho 17.100.000 pelo google), o que dá em torno de  26 Franças dentro da Rússia, se contarmos pela versão do google!

Ame Geografia!

Anúncios

Sobre Didi

Brasileira, mineira, advogada, professora e ex-professora. Comunicóloga nas horas vagas. direitoelegal@gmail.com

»

  1. Assumo que tive um pouco de preguiça dessa pessoa! Mas ela conta com a vantagem de ter boa memória ou de ser criativa, né?!

    Resposta
  2. Pingback: Quanto vale um “não sei” | escrevo.me

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: