Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Clima

Vocês estão com frio ?

Publicado em

É engraçado como funciona a minha cabeça e não duvido que a de muita gente. Quando eu estou com fome, tenho enorme dificuldade de entender alguém que não esteja. Aí você já viu onde quero chegar, né ?! Pelo título deste texto, quando estou com calor, não consigo imaginar o frio. E vice-versa. Eu posso até imaginar, mas é mais complicado porque imagino de uma forma mais romantizada, mais gostosa.

Agora que estou vivendo um sol escaldante, que deixa minha testa brilhando, meu cabelo espigado e faz das minhas noites um zumzumzum de pernilongos, imagino que todos estejam no Brasil vestindo um suéter de tricot, segurando uma xícara de chocolate quente com as duas mãos e assistindo a algum filme divertido com seu grande amor do lado.

Mas não é assim, né ?! Embora a minha cabeça insista em imaginar diferente eu SEI que o frio pode ser cruel. Eu sei que o frio faz sugar as suas energias para se levantar da cama de manhã e que mesmo assim você tem que se levantar. Eu sei que o frio te faz cogitar não tomar banho, mas que mesmo assim você TEM que tomar banho, nem que seja rapidinho.

Sei também que o frio traz doenças, alergias e falta de vitaminas. O frio de Avignon ainda ressecava a minha pele a ponto de sangrar, matava as minhas plantas e até alguns animais de rua (que tanto tentamos ajudar). O frio era tanto que dentro da minha casa, por diversas vezes, parei de sentir meus pés e o bepantol congelou. Com que coragem eu iria estender as roupas da máquina de lavar ? E lavar os pratos ? E andar de bicicleta contra o vento que ultrapassa 60 Km/h ?

Frio, até hoje, ainda traz enormes contratempos. Por isso deixo aqui a minha solidariedade para quem estiver vivendo esse desafio. E também a pergunta: por que o clima da Terra está tão alterado este ano ?

Mas como eu sou otimista e não quero deixar ninguém mal, decidi listar aqui coisas que dão saudade de viver no frio, agora que estou com calor :

  • dormir de cobertor
  • usar moleton
  • ter uma maquiagem que dure na pele
  • ter um cabelo mais macio
  • não ter que preocupar com insetos
  • poder deixar a comida fora da geladeira por mais tempo
  • aproveitar o tempo para atividades intelectuais sem dó de não sair de casa (aham!)
  • fondue de chocolate e de queijo e as outras variáveis !
  • Sopas
  • Roupas com sobreposições!
  • E essa não é válida para o Brasil, mas… Neve!

Desculpe se não consegui lembrar de mais vantagens do frio! Apesar de estar sentindo muito calor agora. Estou adorando cada minuto de curtir esse solão. Sugiro que se você estiver reclamando do frio, anote agora tudo que não gosta neste clima e tudo que sente falta do calor. Releia quando estiver reclamando do verão. Feliz inverno, Brasil!

IMG_0446

IMG_4924

 

Anúncios

“Acooorda! Neveeee!”

Publicado em

Terça-feira eu mal dormi. Acordava de cinco em cinco minutos para ver se já estava nevando. O meteofrance prometeu e a gente não podia acreditar que isso fosse acontecer. O tempo não indicava neve para os amadores.

Mas Vanessa chegou a comprar um casaco todo branco só para ficar bonita pra neve e nos enviava mensagens de madrugada para mostrar que a meteofrance não recuava na afirmação de que terça de manhã teríamos neve. Eu nunca vi alguém tão fascinado com meteorologia como essa carioca.

Acordei 6h da manhã. Fui pro micro-jardim. Só frio. Sem neve.

Voltei a dormir. Até que o telefone tocou.  “Olha pra janela, está nevandoá”, dizia a menina puxando o xis. Abri a janela e não acreditei! De fato o céu cuspia algodão doce! Em dez minutos ela estava aqui pra gente rodopiar na neve.

Brasileiro tem fascinação por flocos de neve. Não tem jeito. Isso é hollywood pra gente. Os franceses não. Eles continuam dormindo enquanto a gente tira uma foto a cada 10 segundos!

Logo de tarde, a neve parou e no dia seguinte fomos patinar no gelo para comemorar o inverno bem definido deste trópico.

Por duas horas, patinamos à nossa maneira, ou seja, muito mal! Bem no estilo “nasci pra issoooo”. Tum!

Eu tenho vários esportes de predileção: a dança (seja moderna ou clássica, seja samba ou hiphop), a natação, o futebol feminimo (o masculino eu só assisto na Copa) e a patinação (insira aqui um coraçãozinho feliz). De todos, a patinação no gelo é o único esporte que já me fez viajar para outro país exclusivamente por  conta disso!

Para mim, não tem nada mais emblemático.

É lá que você aprende que não faz mal cair. E que você VAI cair muitas vezes, mas também poderá aprender a voar. É da patinação no gelo que vieram os atletas que eu mais admiro: Michelle Kwan, Kimmie Meissner, Caroline Zhang, Alicia Zcisne, Mao Asada, Sasha Cohen e tantas outras.

Acho que poucas brasileiras gostam tanto do assunto como eu, mas entre elas, eu devo ser a pior no quesito prática. Nas horas em que ficamos deslizando sobre o gelo, nós migramos do nível muito ruim para o nível ruim. Mas ainda não caímos!

O próximo passo será tentar comprar na promoção de janeiro um par de patins adequado para migrar novamente de nível.

Nossa amiga russa já tem mais prática que eu e Vanessa e conhecemos uma nativa que estava disposta a nos ajudar com algumas técnicas.

O único problema é que na pista de Avignon tem uns meninos desagradáveis que ficam empurrando as meninas no gelo. Vou precisar assumir o meu lado mulher-brava para dar uma lição neles.

Pouco importa. Aqui tem neve!!!!

new-westminster-canada-126

Ps. A foto que ilustra este post foi tirada em Vancouver e não em Avignon, uma vez que, por arte de magia, eu não consegui achar as fotos tiradas na quarta-feira.