Assinatura RSS

Arquivo da tag: neve

“Acooorda! Neveeee!”

Publicado em

Terça-feira eu mal dormi. Acordava de cinco em cinco minutos para ver se já estava nevando. O meteofrance prometeu e a gente não podia acreditar que isso fosse acontecer. O tempo não indicava neve para os amadores.

Mas Vanessa chegou a comprar um casaco todo branco só para ficar bonita pra neve e nos enviava mensagens de madrugada para mostrar que a meteofrance não recuava na afirmação de que terça de manhã teríamos neve. Eu nunca vi alguém tão fascinado com meteorologia como essa carioca.

Acordei 6h da manhã. Fui pro micro-jardim. Só frio. Sem neve.

Voltei a dormir. Até que o telefone tocou.  “Olha pra janela, está nevandoá”, dizia a menina puxando o xis. Abri a janela e não acreditei! De fato o céu cuspia algodão doce! Em dez minutos ela estava aqui pra gente rodopiar na neve.

Brasileiro tem fascinação por flocos de neve. Não tem jeito. Isso é hollywood pra gente. Os franceses não. Eles continuam dormindo enquanto a gente tira uma foto a cada 10 segundos!

Logo de tarde, a neve parou e no dia seguinte fomos patinar no gelo para comemorar o inverno bem definido deste trópico.

Por duas horas, patinamos à nossa maneira, ou seja, muito mal! Bem no estilo “nasci pra issoooo”. Tum!

Eu tenho vários esportes de predileção: a dança (seja moderna ou clássica, seja samba ou hiphop), a natação, o futebol feminimo (o masculino eu só assisto na Copa) e a patinação (insira aqui um coraçãozinho feliz). De todos, a patinação no gelo é o único esporte que já me fez viajar para outro país exclusivamente por  conta disso!

Para mim, não tem nada mais emblemático.

É lá que você aprende que não faz mal cair. E que você VAI cair muitas vezes, mas também poderá aprender a voar. É da patinação no gelo que vieram os atletas que eu mais admiro: Michelle Kwan, Kimmie Meissner, Caroline Zhang, Alicia Zcisne, Mao Asada, Sasha Cohen e tantas outras.

Acho que poucas brasileiras gostam tanto do assunto como eu, mas entre elas, eu devo ser a pior no quesito prática. Nas horas em que ficamos deslizando sobre o gelo, nós migramos do nível muito ruim para o nível ruim. Mas ainda não caímos!

O próximo passo será tentar comprar na promoção de janeiro um par de patins adequado para migrar novamente de nível.

Nossa amiga russa já tem mais prática que eu e Vanessa e conhecemos uma nativa que estava disposta a nos ajudar com algumas técnicas.

O único problema é que na pista de Avignon tem uns meninos desagradáveis que ficam empurrando as meninas no gelo. Vou precisar assumir o meu lado mulher-brava para dar uma lição neles.

Pouco importa. Aqui tem neve!!!!

new-westminster-canada-126

Ps. A foto que ilustra este post foi tirada em Vancouver e não em Avignon, uma vez que, por arte de magia, eu não consegui achar as fotos tiradas na quarta-feira.

Anúncios